quinta-feira, 14 de maio de 2015

Somos seres que rastejam

Fico tateando o ar para ver se esbarro no teu corpo. Bisbilhoto meus aplicativos de conversa para dar de cara com algum recado teu. Acesso o Facebook para ver se acho teu sorriso triste, teus olhos melancólicos e tua boca tingida de roxo em alguma foto.


Infelizmente, ainda não se inventou remédio capaz de curar a dor da ausência, o desconforto do rompimento e o desespero de saber que uma história que daria um belo livro, acabou como um medíocre obituário no rodapé do jornal..


Agora faz sentido quando você disse através de uma citação de Leminski, que pessoas não deviam deixar lembranças, nem apertos no coração que tiram o sono. Não era você que perdia o sono comigo, mas o inverso. Você sumiu talvez por remorso, ou simplesmente cansaço de ter alguém ali,te dando o melhor que podia na tentativa tola, porém  pura, de te trazer para meu lado. Engano seu achar que sumir levaria consigo todos os sentimentos e lembranças que plantaste em mim. O teu sorriso continua no meu peito. O teu rosto segue cravado na memória.


Sou capaz de ouvir tua voz chamando meu nome carinhosamente, mas não consegui perceber que o fazia com ternura de amigo, não mais com a paixão de uma amante. Sinto a textura macia de tua boca, a delicadeza dos teus lábios deslizando suave pelos meus, mas não aceitei que aquele seria último beijo, porque você se deu conta de que não pode expulsar quem já mora no recanto que tanto desejo ocupar no teu peito.


Talvez você tenha sumido de meu alcance para não me ver lutando por ti. Quem sabe assim,você consiga rastejar com maior desenvoltura aos pés de quem agora te esnoba.

Te desejo sorte na sua nova vida de ser rastejante. Não sei se é meu lado voyeur incontrolável, mas ainda te vejo por aí, sangrando em praça pública, buscando algo que teve em tuas mãos, mas que agora se perdeu.Somos dois inconformados. A diferença é que não rastejo mais, apenas me debato com as nossas lembranças. É uma maneira mais civilizada de lidar com a tragédia.

3 comentários:

  1. Gosto deste.
    Tbm sou um ser que rasteja meu caro amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. E desculpe demorar tanto tempo pra responder. Espero que não rasteje mais. Eu ainsa rastejo, mas agora por outra pessoa.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir

manifeste-se