quinta-feira, 14 de maio de 2009

O Ato Final

Um beija-flor de metal paira no ar.
È chegado o momento decisivo.
Trombetas gritam,
Em bmols e sustenidos.
Começou o ato final!
Extingue-se agora,
A luta do Bem contra o Mal.
Todo maniqueísmo deve desaparecer.
Olhe para o Céu,contemple-o
Testemunhe a grande Metamorfose.
Uma vida que nasce,
Milhões de vidas que morrem!
Começou o ato final!
O beija-flor de metal,
Inicia o epílogo da História.
E já não há espaço para dor ou glória,
De alguns seres egoístas.
Pois num sacrifício altruísta,
O beija-flor despeja seus ovos,
Por cima das nossas cabeças.
E os ovos jamais serão filhotes.
Mas, grandes rosas flamejantes,
Que iluminarão todo o anoitecer,
Em clarões vigorosos.
Para delírio dos anjos trombeteiros,
Que fazem desaparecer um mal passageiro,
Nesse momento tão decisivo.
Farão surgir em seu lugar,
O grande Mal definitivo!

Aflaudisio Dantas

8 comentários:

  1. Gaotei muito .. muito mesmo .. vc tem o dom com as palavras..

    parabéns!!

    Abç.

    ResponderExcluir
  2. realmente dramático.;.. bom mesmo..

    sobre sue comentário: rapá.. sei que nao vou mudar a situação da politica mas podemos ao menos dar um incentivo as pessoas se levantarem e exigirem seus direitos... valew pelo comentário. abraços

    ResponderExcluir
  3. Acredito que a poesia fale de transformação, pois não entendi muito bem esse texto.

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Adorooo poemas e poesias, vou seguir seu blog!
    Sucesso abração!

    ResponderExcluir
  5. bacana, apesar de eu não gostar de poesia.

    ResponderExcluir
  6. Muito legal, continue escrevendo. beijos. =*

    http://king-of-notebook.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Muito Bonito!!!!
    Aplausos!!!!
    Cara Tou gostando muito dos teu textos!!!!

    também escrevo poemas no meu:

    www.gugaoliveira.blogspot.com

    ResponderExcluir

manifeste-se